Buscar
  • REALIS NEGOCIOS E CREDITO DIGITAL

Como funciona o Saque-Aniversário?



Criado em 2019, o saque-aniversário entrou em vigor com o intuito de oferecer ao trabalhador o direito de sacar uma vez ao ano, de acordo com a sua data de nascimento, um valor correspondente ao total disponível do seu fundo de garantia.


Veja a seguir as diferenças entre Saque Rescisão e Saque Aniversário:

  • Saque Rescisão: se demitido, o trabalhador recebe a multa de 40% e retira todo o saldo existente no fundo de garantia.

  • Saque Aniversário: ocorre apenas uma vez por ano próximo a data de aniversário do trabalhador. Assim que demitido da empresa, é possível sacar apenas 40% do valor total.


Calculando o valor do seu saque aniversário

O trabalhador que escolher o saque-aniversário não poderá sacar todo o saldo da conta. O valor da retirada varia de acordo com o valor total e, quanto maior o valor presente na conta, menor o percentual que poderá ser sacado.


Assim sendo, o total do percentual de seu saldo será acrescido de uma parcela adicional, anual, conforme tabela abaixo:



Aplicando na prática

Para ficar mais claro, vamos a um exemplo prático:

Vamos supor que você possui em sua conta o valor de R$13.125,40. Ao aderir à modalidade aniversário, você poderia sacar, de acordo com a tabela, 15% deste valor + Parcela Adicional de R$1150,00.

Assim sendo: 15% de R$13.125,40 = R$1968,81 + R$1150,00 = R$3118,81.


Aderindo ao Saque-Aniversário

Você pode optar pelo Saque-Aniversário por meio das seguintes plataformas: agências, site fgts.caixa.gov.br, no internet banking ou APP FGTS.

Quem optar pelo Saque-Aniversário até o último dia do mês de seu aniversário poderá receber o valor no mesmo ano em que feita a opção.

No caso de interesse de retorno ao sistema de Saque-Rescisão, a solicitação pode ser feita a qualquer momento. O seu efeito será sentindo a partir do 1º dia do 25º mês da solicitação.

Aqui no blog, já mostramos o passo a passo de como fazer a adesão pelo aplicativo.


Até quando o trabalhador pode sacar?

Os valores ficarão disponíveis até o último dia útil do mês posterior ao do aquisição do direito de saque.

No caso do trabalhador não sacar o recurso, ele retornará automaticamente para a conta do FGTS.


O trabalhador ainda pode usar o dinheiro do FGTS para financiar casa própria mesmo após aderir ao saque aniversário?

Sim, é possível utilizar o saldo da conta para realizar a compra de moradia própria.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo